domingo, 16 de setembro de 2007

E os Humanos Direitos?


Ontem fui a um Hospital de Emergência.

Ao Chegar, fui informada que um PM foi baleado no portão de sua residência.

Este ser humano, entrou no hospital dando seus últimos suspiros...

Uma enfermeira de plantão, ao saber da emergência do atendimento, correu para socorrê-lo.

Para sua surpresa, tratava-se de seu próprio esposo, no mesmo momento a enfermeira entrou em estado de choque e o Policial faleceu!



Isso não foi manchete na globo, ninguém fará um filme para falar dessa morte e nem ouviremos um sociólogo falando dos Direitos Humanos dessa família!



Por que?

7 comentários:

Kath disse...

Zumbi, querida, lalei esse seu post. Tá lá no meu Casa.
História triste essa... Ainda mais com toda a hipocrisia com que se trata o tema.
Beijos.

ALL STAR disse...

É, AGORA É A FASE DO AMADURECIMENTO PELAS MADRUGADAS.SEI EXATAMENTE O QUE SENTE , ISSO NÃO PASSA NUNCA, A GENTE NÃO SE ACOSTUMA NUNCA. CADA SERVIÇO UMA HISTÓRIA. ESPERO QUE APROVEITE DA MELHOR FORMA ESSAS MADRUGADAS SOLITÁRIAS, ONDE NOS É MOSTRADO O QUE HÁ DE PIOR NO MUNDO. FOI NELAS QUE PERDI O BRILHO DO OLHAR, AS NOITES BEM DORMIDAS E O MEDO DA MORTE.
APRENDA MAIS DO QUE EU, FILTRE O BEM E O MAL, MAS SAIBA QUE NUNCA MAIS SERÁ A MESMA PESSOA. SERÁ SEMPRE MELHOR , MAIS FORTE E, TALVEZ, MAIS TRISTE. É O PREÇO DO NOSSO IDEALISMO E DESTEMOR!

xistosa disse...

O anónimo não tem direito à vida.
Sobrevive!
Não se gasta energia em flashes com uma notícia destas.
É um número que terá um nome na terra fria.
O imediatismo é que conta, para quê carpir mágoas, mais a mais um PM, que não direito a Direitos Humanos.
Os Direitos Humanos são para a escumalha, onde incluo políticos e afins.

ALL STAR disse...

Por aqui sinto-me confortável para fazer um off-topic.
Algumas vezes é difícil ser homem, manter-se durão etentar segurar a barra.
Talvez eu nunca mais veja algo semelhante, algo que eu já tive vontade de fazer...aconteceu contigo.
As lágrimas falaram tudo (e quase me traíram a pose). Caramba, esse mundo tem solução e o nosso Regimento, nossa Cavalaria e nossos cavalos estarão em boas mãos.Siga firme assim, lembre-se de Pedro, do Idealista, Ferradura e Zazá. Como não amá-los e não respeitá-los como companheiros de caminhada. Sentem dor, não falam , mas percebem nosso carinho e rspeito.

ALL STAR disse...

Teste..1,2,3...

astuto disse...

Lamentável tal acontecimento.
Mais do que um PM é um ser humano.

Li oteu comentário no homemmau, respondi, e queria que ficasses a saber que o exagero do texto é uma tentativa de fazer humor. Se calhar, falhada.

Cumprimentos.

xistosa disse...

Quando há sangue, sentimos mais fortemente o latejar do coração.
Mas uma morte num mundo imenso o que significa ?
Mais a mais sendo dum anónimo.
Se fosse um presidente, mesmo duma ditadura, teria honras de 1º página, mas os pobres e os anónimos, são papéis rasgados ao vento